Jogos

A trágica história de Noid, o mascote da Domino´s

De 1986 a 1995, a pizzaria Domino´s tinha um mascote chamado “Noid”, que rendeu um dos games mais lembrados do Nintendinho em 1990, o Yo! Noid, desenvolvido pela Capcom, que era uma adaptação de um jogo japonês que contava com fases com o mesmo level design, porém com gráficos e sprites distintos, já que o original tinha uma temática mais “ninja”, enquanto o Yo! Noid era mais “Nova Iorquino”.

O mascote Noid ficou bastante conhecido nos Estados Unidos, e o game do Nintendinho ajudou a popularizá-lo no mundo inteiro. Até mesmo no filme de Michael Jackson, Moonwalker, o personagem apareceu. No entanto, você já se questionou a razão pela qual ele sumiu tão repentinamente?

A Domino´s surgiu nos anos de 1960, só que em 1984 eles acharam que precisavam aumentar a popularidade da franquia e eles lançaram uma promoção que ficou famosa no mundo inteiro: “o consumidor recebia a pizza em casa em 30 minutos ou ele não pagava”. Para ajudar a popularizar essa promoção, o Noid foi criado na mesma época, sendo uma espécie de homem vestido de vermelho e dentuço.

A ideia veio de Will Vinton, que disse que queria que ele representasse a “manifestação física de todos os desafios que era entregar uma pizza em 30 minutos”, e os primeiros comerciais com o personagem surgiram em 1986, se tornando um sucesso instantâneo. A analogia do Noid com a Domino´s era análoga a do Mc Donald´s e o Ronald McDonald.

No entanto, em 1989, em uma segunda-feira, um homem de 22 anos chamado Kenneth Lamar NOID entrou em uma pizzaria da Domino´s, na Georgia, munido de um revolver magnum. Ele fez dois funcionários de refém por mais de cinco horas, e ele disse a polícia que queria dez mil dólares e um carro para fugir, além de uma cópia do romance “O filho da viúva”.

Após a prisão preventiva, as investigações policiais concluíram que ele acreditava que a campanha de marketing da Domino´s o atingiu diretamente, e dentro da sua saúde mental não muito favorável, ele entendia que as propagandas eram feitas exclusivamente para atingí-lo. Com o diagnóstico de insanidade, ele não pôde ficar na prisão, e foi enviado para o Instituto de Saúde Mental da Georgia.

Mesmo com a tragédia, a Domino´s seguiu com seu mascote e os comerciais, algo que continuou incomodando Kenneth Noid, que ainda estava convencido de que o Noid fazia sua vida miserável. Não vendo alternativa, ele tirou a própria vida em seu apartamento, e a pizzaria parou de usar o mascote imediatamente depois.

Com informações de Food & Wine

Fonte: Internet

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

banner
Botão Voltar ao topo