Entretenimento

Chicago Fire 10×18: o chefe Boden precisa ser forte (recap)

No episódio desta semana da 10ª temporada de Chicago Fire, os bombeiros precisaram ficar ainda mais unidos, sobretudo depois de algo tenebroso que ocorre com um dos colegas de equipe. Mostrando ao público que as muitas tensões já apresentadas entre os personagens não são o suficiente, os roteiristas conseguiram desenvolver uma narrativa densa e cheia de desafios.

Portanto, abaixo, você pode conferir todos os detalhes do intitulado “What’s Inside You” (O que está dentro de você, em uma tradução livre), lendo nosso recap completo!

(NBC/Reprodução)Fonte:  NBC 

Chicago Fire 10×18: um dos bombeiros se torna refém de criminosos

O episódio da última quarta-feira (13) se iniciou com o Chefe Boden (Eamonn Walker), que foi surpreendido, na loja em que fazia compras para o esquadrão, com a invasão de criminosos, cujo carro atravessou uma das paredes. Eles estavam sendo perseguidos pela polícia e todos os presentes do local foram feitos de refém.

Observando atentamente um dos homens armados, Boden se apresentou como bombeiro e disse que tinha treinamento para socorrer seus ferimentos, tendo em vista que o sangramento na barriga parecia preocupante. Conforme Boden foi ganhando a confiança de Will (Everett Osborne), o criminoso, ele tentou entender o que estava acontecendo, descobrindo ainda que uma mulher havia sido atingida pelo veículo e teve sua perna fraturada.

Will tinha acabado de escapar da prisão. Ao que tudo indica, ele havia sido detido anteriormente por conta de um mal entendido, tendo em vista que era apenas o vigia de um assalto, mas foi julgado pelo crime como um todo. Havia um advogado no grupo de reféns que tentou explicar a ele sobre o que poderia acontecer se algum deles morresse.

Dessa forma, com a ajuda de Boden, Will liberou duas pessoas do mercado, incluindo a mulher com a perna fraturada. Ele já tinha confiança no chefe do esquadrão 51, mas não hesitou em atirar na direção dos fundos quando ouviu um barulho suspeito. Boden foi verificar o que estaria ocorrendo e, posteriormente, tranquilizou Will.

Embora tivesse visto dois reféns tentando escapar pelos fundos, o que teria despertado a curiosidade no criminoso, Boden afirmou que não tinha ninguém escondido. Para liberar mais pessoas do local, Will pediu para que o advogado o defendesse no júri e Boden ainda tentou convencê-lo a se entregar para terminar com tudo aquilo. Enquanto tudo isso acontecia, os bombeiros do esquadrão 51 descobriram que seu chefe corria perigo.

A partir desse ponto, todos se mobilizaram para socorrê-lo, mesmo que a situação estivesse, aparentemente, sob controle. Ao tentar ganhar mais a confiança de Will, Boden tentou conversar com ele sobre sua família. O advogado também interveio, sobretudo, depois que um dos reféns falou sobre como as leis precisavam ser mais rígidas, bem como a vida na prisão.

(NBC/Reprodução)(NBC/Reprodução)Fonte:  NBC 

Contudo, o desfecho desse impasse ocorreu de forma muito rápida. Os policiais tentaram uma ação que quase terminou em tragédia, mas Boden conseguiu salvar todos os reféns, além de Will, que não poderia ser, mais uma vez, o único culpado por algo que não havia realizado. De um jeito muito firme, Boden ameaçou os policiais a falarem a verdade, pois se não, testemunharia contra todos eles nos tribunais.

O episódio termina com Will retornando à prisão, mas com a certeza de que pagaria apenas por seus próprios crimes. Não perca o próximo episódio!

Fonte: Internet

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo