Esportes

Mercedes explica rádio de Hamilton durante GP da Austrália

James Vowles – Mercedes

Os Prateados confirmaram que a afirmação de Lewis Hamilton em sua mensagem de rádio de “posição difícil” durante o GP da Austrália foi sobre resfriamento do motor.

Chegando ao final da corrida em Melbourne, a caminho de terminar em P4, o sete vezes campeão do mundo disse no rádio: “vocês me colocaram em uma posição muito difícil”.

Não ficou imediatamente claro a que Hamilton estava se referindo, embora a mensagem tenha ocorrido em um momento em que ele estava se aproximando de seu companheiro de equipe George Russell, que acabou no pódio em P3.

Em suas entrevistas à mídia depois, Hamilton insistiu que sua mensagem era sobre ter que gerenciar a temperatura do motor, dizendo: “Eu não poderia lutar pelo P3 porque o motor estava superaquecendo. Então eu tive que recuar, apenas tive que ficar para trás.”

Durante o relato pós-corrida, a Mercedes confirmou que Hamilton estava tendo que cuidar para garantir que sua UP não superaquecesse naquele momento.

“Isso foi tudo sobre o resfriamento do motor e manter a UP na temperatura durante a corrida”, disse James Vowles, diretor de estratégia de automobilismo da Mercedes.

“Nós levamos tudo ao limite, como você pode imaginar, e um deles é o resfriamento do motor, e você faz isso fechando a carroceria ou alterando o desenho das “janelas” na parte de trás do carro.

“Essa decisão é tomada no sábado, mas obviamente estávamos competindo no domingo, 24 horas depois, e nesta circunstância em particular o ambiente estava um, talvez dois graus mais quente do que esperávamos.

“Como resultado disso, nós mesmos, e não apenas nós, você teria ouvido isso de equipes de cima a baixo no grid, estávamos no limite do que o motor e a PU podem suportar em termos de requisitos de refrigeração.”

“Durante a corrida, quando você estava seguindo um carro, isso significou que Lewis tinha que comprometer o que estava fazendo. Ele teve que sair do ar sujo do carro na frente dele e se certificar de que ele tinha ar mais frio e limpo através dos radiadores para baixar as temperaturas da UP.”

“Mas fazer isso torna a disputa com o carro da frente incrivelmente difícil e é por isso que sua mensagem foi divulgada”.

Ao terminar em P3 e P4, respectivamente, Russell e Hamilton acumularam pontos suficientes para colocar a Mercedes em segundo no campeonato de construtores, 39 pontos atrás da Ferrari e 10 à frente da Red Bull.

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.



Fonte: R7.com

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo