Carros

Nova Frontier 2023: aceleramos a pick-up que mudou (quase) por inteiro – Notícias

banner


A Nissan Frontier 2023 teve importantes mudanças em suas seis versões na nova linha. Com visual mais invocado, uma boa lista de equipamentos mais segurança a bordo, a pick-up fabricada na Argentina foi reapresentada com pompa e o R7-Autos Carros testou a novidade na província de Misiones, Norte argentino, na região da tríplice fronteira.


NOVA NISSAN FRONTIER 2023 mudou (quase) tudo! Preço, detalhe e versões neste vídeo. Veja o vídeo!



Motor igual e mudanças pontuais

Vale lembrar que apesar das mudanças profundas a Frontier manteve seu motor 2.3 biturbo ou com uma turbina que segue com 190 ou 160cv respectivamente. Mecanicamente as atualizações se limitam aos novos amortecedores um pouco mais rígidos e o motor com sistema Redutor Catalítico (SCR) com ARLA 32. Na estrutura o chassi “duplo C” da Frontier ganhou um reforço estrutural e agora ela ganhou freios a disco também nas rodas traseiras.



Pro-4X

A grande estreia é da Pro-4X, versão de apelo aventureiro posicionada como topo de linha que tem identidade própria com acabamento preto fosco e brilhante. A grade destacada tem finalização preta e há apliques vermelhos na parte inferior dos novos para-choques, no pára-lama, no Santantonio tubular (vendido como acessório no Brasil enquanto na Argentina é item de série), emblemas da versão além de bancos com costura “Pro-4X” e acabamento preto fosco ou brilhante no console. O mesmo vale para a capa dos retrovisores e a barra do teto.



Na rua, chuva e na lama

Tivemos a chance de testar a Nissan Frontier 2024 Pro-4X em pequenos trechos de asfalto liso mas principalmente no fora de estrada. Graças às chuvas dos últimos dias, a Frontier foi posta à prova na lama e terrenos difíceis.



Com suspensão independente nas quatro rodas, a Frontier tem conforto digno de um carro de passeio, característica que não mudou nesta profunda reestilização. Os bancos “gravidade zero” tem espuma bem densa e posiciona o motorista de forma mais elevada do que em algumas Pick-ups.



Quando exigida, a Frontier mostra tração à medida e agora conta com controle de modos de condução. No off-road modula o acelerador mantendo o motor trabalhando mais “cheio” e com saídas mais seguras a partir de trechos enlameados. Com o “4×4 LOW” acionado, a pick-up aciona o diferencial autoblocante com até 50% da força nas rodas traseiras. Esse item não está disponível na Frontier Platinum que também é considerada topo de linha.



Com os novos pára-choque a Frontier agora tem 31,6º de ângulo de ataque, 25,7º de saída e bons 25,2 cm de vão livre mas mantém o conforto para os passageiros nos trechos mais exigidos.



Ainda que não seja a mais potente do segmento a Nissan acertou em equipar melhor sua pick-up. Foi possível testar itens como alerta de ponto cego, de mudança de faixa, de frenagem automática e o sistema de câmera 360° que já existia. Só ficou devendo uma resolução melhor nas imagens da tela mas o cluster digital com painel de 7 polegadas é amplo e claro, com comandos simples.



Para uma profunda reestilização a Frontier se saiu muito bem mantendo suas características de conforto. A Nissan promete custo de manutenção mais em conta (uma reclamação frequente dos atuais donos da Frontier) com pacote de seis revisões por R$ 5.767,00. Para incomodar as Pick-ups líderes, a Nissan investiu bastante na Frontier e agora a rede de concessionários que já são 302 considerando Brasil, Argentina e Chile, terá que fazer seu trabalho para que ela deslanche mas vendas.

Fonte: R7.com

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo