Sepetiba

Plano Emergencial é anunciado para o Transporte Público de Sepetiba

Plano Emergencial é anunciado para o Transporte Público de Sepetiba

Plano Emergencial é anunciado para o Transporte Público de Sepetiba

Após a informação que a linha 898 Campo Grande x Sepetiba, havia sido desativada, o Secretário de Ciências e Tecnologia, William Coelho e a gestora local de Sepetiba, Érika Coelho, deram um parecer sobre esse absurdo a precariedade no transportes públicos do Rio e principalmente para o bairro de Sepetiba e adjacências.
William Coelho, frisou a falta da mobilidade e enfatizou que sempre fez crítica na tribuna da câmara dos vereadores do Rio, sobre a falta de ônibus e precariedade de transportes na Região. o mesmo salientou que o projeto do BRT é fundamental e importante, porém, que não ajudou muito aos moradores de Sepetiba e adjacências, tendo visto que antes na região, haviam linhas que faziam trajetos importantes, como: Sepetiba x Bangu, Sepetiba x Coelho Neto, Sepetiba Campo Grande, e com a implantação do BRT, algumas linhas acabaram sendo desativadas e outras foram encurtadas, assim sendo feita somente a função de linha alimentadoras.

Reprodução / Arquivo Pessoal

Ao longo dos anos o transporte acabou ficando ainda pior, levando os usuários da região aguardar por muito tempo pelo os ônibus em direção à Santa Cruz.
Os representantes do bairro de Sepetiba e adjacências, relataram o absurdo da linha 898 ser desativada, e informaram em uma live nas redes sociais, que estão atentos aos problemas que vem ocorrendo na região.
Erika e William. deixaram claro que vem cobrando a prefeitura por melhoramento, que o problema não é fácil, que acreditam que vão vencer essa batalha do transporte público na região” onde antes na praia do Cardo, haviam vários ônibus em Frente a sua residência, (as linhas 870, 871 entre outras). e agora sobraram a linha 547p e as vans, e grifou que estão construindo um plano para resolver o problema.

Erika falou um pouco do sistema brt, onde a prefeitura tirou o sistema brt da administração das empresas e passou administrar, ressaltou que não é uma situação fácil, e que todos estão vendo os problemas no dia a dia, e com as linhas alimentadoras, um problema complexo e difícil, e fez um agravante quanto ao transportes de Sepetiba não ser mais capaz de esperar por mobilidade.

Segundo os representantes da região, eles deixaram claro ao prefeito e a secretária de transportes (que o problema é em todo o Rio) mas em Sepetiba tem sido ainda pior, continuou informando que o prefeito Eduardo Paes, vai fazer um plano emergencial para Sepetiba, e que estão acompanhando o planejamento.

Ressaltaram que independente do que será feito no transportes público pela prefeitura do Rio na cidade, um plano foi criado para atender aos moradores de Sepetiba, dentro destes planos serão implantados 4 novas linhas para região, fazendo trajetos diferentes e levando aos usuários aos principais pontos de baldeação, são eles (Santa Cruz, Cesarão, Mato Alto e Pingo D’agua). o pedido é para que esses ônibus passem pelas as vias principais, como Estrada do Piaí, São Tarsício, Estrada de Sepetiba, Praia de Sepetiba, Estrada da Pedra, Estrada da Matriz. segundo William, serão entorno de 30 à 40 ônibus para atender a Região, e que em breve o Prefeito Eduardo Paes e a secretária Maína Celidon, estarão em Sepetiba para efetivar esse novo plano para o bairro de Sepetiba.

Reprodução / Arquivo Pessoa

Na época como vereador, William fazia copiosamente críticas para o melhoramento do transporte na região, e deixou claro a função de um vereador:

Ao vereador cabe elaborar as leis municipais e fiscalizar a atuação do Executivo – no caso, o prefeito. São os vereadores que propõem, discutem e aprovam as leis a serem aplicadas no município. Entre essas leis, está a Lei Orçamentária Anual, que define em que deverão ser aplicados os recursos provenientes dos impostos pagos pelos cidadãos. Também é dever do vereador acompanhar as ações do Executivo, verificando se estão sendo cumpridas as metas de governo e se estão sendo atendidas as normas legais.

A Constituição Federal e as leis orgânicas municipais estabelecem tudo o que o vereador pode e não pode fazer durante o mandato. Para acompanhar se os vereadores estão cumprindo bem seus deveres perante a população, os eleitores podem ir às sessões legislativas ou mesmo conversar com os vereadores em seus gabinetes. Caso o eleitor descubra alguma irregularidade, é possível fazer uma denúncia ao Ministério Público.

Legislativo

Os vereadores fazem parte do Poder Legislativo, e discutem e votam matérias que envolvem impostos municipais, educação municipal, linhas de ônibus e saneamento, entre outros temas da cidade. Cada vereador é eleito de forma direta, pelo voto, tornando-se um representante da população. Por isso, deve propor projetos que estejam de acordo com os interesses e o bem-estar do povo.

Na câmara municipal (também chamada de câmara de vereadores), os projetos, emendas e resoluções têm de passar por comissões, para serem votados no plenário. Mesmo depois de aprovados, projetos e emendas precisam ser submetidos à apreciação do prefeito, que pode vetá-los total ou parcialmente ou aprová-los. Quando há aprovação, o projeto é publicado no diário oficial da cidade e vira lei.

Fiscalização

Além das votações, os vereadores também têm o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidando da aplicação dos recursos e observando o orçamento. É dever deles acompanhar o Poder Executivo, principalmente em relação ao cumprimento das leis e da boa aplicação e gestão do dinheiro público.

Também são os vereadores que julgam as contas públicas da cidade, o que acontece todo ano, com a ajuda do tribunal de contas municipal ou do tribunal de contas dos municípios (no caso dos estados da Bahia, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo), que são órgãos que assessoram na fiscalização do próprio Poder Legislativo.

fonte: https://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2016/Setembro/vereador-conheca-o-papel-e-as-funcoes-desse-representante-politico

A nossa redação de jornalismo vai acompanhar todas essas informações, será de sumo importância para o melhoramento da Região.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo