Tec & Ciência

Twitch remove Boost Train após usuários promoverem pornografia

A Twitch decidiu encerrar o recurso Boost Train, que estava em fase de testes desde outubro de 2021. A ferramenta permitia que a comunidade de um streamer pagasse para levar o canal à página inicial da plataforma, mas a função estava sendo utilizado para promover pornografia dentro da plataforma.

No início de março deste ano, a Twitch oficializou o Boost Train, que permitia contribuir para impulsionar o canal ao comprar bits e inscrições. No fim do mês, alguns usuários começaram a notar que o recurso estava sendo utilizado para levar streams de pornografia para a primeira página, com o selo “Promovido pela comunidade do Streamer”.

Usuários perceberam que o recurso Boost Train estava sendo utilizado para promover pornografiaFonte:  Reprodução/PC Gamer 

O recurso passou por algumas mudanças até chegar ao modelo atual. Ele foi inserido originalmente em setembro de 2020 e podia ser ativado com pontos gratuitos do canal. “Essa recompensa promove a sua transmissão em áreas de alta visibilidade da Twitch. A promoção pode ajudar mais espectadores a descobrirem você, sua comunidade e seu conteúdo”, explica a plataforma.

Em setembro de 2021, a Twitch anunciou a inserção de boosts pagos, que funcionariam da mesma maneira, mas sem limitações referentes aos Pontos do Canal. Os próprios streamers também poderiam contribuir para o impulsionamento, o que gerou reações negativas à ferramenta, uma vez que poderia servir para manter canais grandes em destaque. Os boosts pagos foram encerrados em 2021.

Fonte: R7.com

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

banner
Botão Voltar ao topo