Rio de Janeiro

Um Policial Civil do Rio e outro homem são mortos a tiros no Itanhangá

Um Policial Civil do Rio e outro homem são mortos a tiros no Itanhangá

policial civil do Rio é morto
Fotos de redes sociais

Um inspetor da Polícia Civil, identificado como Eduardo Paiva de Queiroz, 49, e um outro homem, identificado como Willians Pereira da Silva, 37, foram mortos a tiros na madrugada deste sábado, na Estrada de Furnas, altura do número 2.549, no Itanhangá, Zona Oeste do Rio. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) instaurou inquérito para apurar as mortes.

De acordo com policiais do 31º BPM (Recreio), equipes realizavam um patrulhamento na região por volta das 3h50, quando ouviram tiros nas proximidades. Em seguida, avistaram um carro Onix Prata com três criminosos armados. Ao perceberem a presença dos policiais, o trio efetuou disparos contra a equipe, que revidou.

Os suspeitos conseguiram fugir. Ao retornarem ao local de onde os primeiros tiros foram disparados, os PMs localizaram o policial civil e um homem feridos dentro de um veículo Jeep Compass preto. Os baleados foram socorridos e levados ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas não resistiram.
A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada e faz a perícia no local e os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) do Centro. Diligências seguem em busca de informações que ajudem a identificar a autoria do crime e esclarecer o caso. O inspetor Eduardo Paiva era lotado no Núcleo de Segurança Institucional.
Através das redes sociais, o secretário de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Allan Turnowski, escreveu que o inspetor morto trabalhava na segurança de VIP’s para conseguir pagar a faculdade do curso de medicina da filha. “Hoje mataram um policial civil que trabalhava na segurança de VIP’s para poder pagar a faculdade de Medicina da filha. Qual a dificuldade de entender que não são suspeitos, não são vítimas, são criminosos.”

Fonte: O Dia

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

banner
Botão Voltar ao topo