Bairros

Varão culpado de envolvimento na morte de policial social jubilado é recluso | Rio de Janeiro


Momento da prisão do suspeito de envolvimento na morte de policial civil aposentado – Reprodução

Momento da prisão do suspeito de envolvimento na morte de policial civil aposentadoReprodução

Rio – Agentes da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) prenderam nesta quarta-feira (22), um dos suspeitos de estar envolvido na morte do policial civil aposentado Carlos Magno Poveda, de 59 anos, em Cordovil, na Zona Norte, no último dia 16 de junho. Na delegacia, o homem confessou sua participação no crime.

O suspeito, identificado como Paulo Henrique Barbosa da Costa, o “Parazinho”, foi capturado na Rua Antônio João, na comunidade da Tinta, também em Cordovil. Contra ele, havia um mandado de prisão em aberto por roubo.

De acordo com as investigações, ele seria gerente do tráfico de drogas da comunidade. Na casa onde foi encontrado, foram apreendidas uma pistola Bersa, calibre 9 mm, e uma carga de drogas.

A Polícia Civil informou ainda que Parazinho confessou ter participado do homicídio de Carlos Magno. Em depoimento, disse que o policia civil teria matado um traficante, conhecido como Babi, há alguns meses e que ele, junto com outros traficantes, foram até a residência de Carlos para “tirar satisfação” sobre o ocorrido.

Ainda de acordo com seu relato, os traficantes teriam tentado levar Carlos Magno para o interior da comunidade, mas ele reagiu e acabou sendo morto pelos criminosos. O policial Civil foi assassinado no quintal de casa, enquanto lavava seu carro.

Antes dos disparos, um dos criminosos teria dito: “a gente sabe que você estava na morte do Babi”. O aposentado foi baleado no tórax, abdômen e perna. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas já chegou morto.

Parazinho foi preso em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e associação ao tráfico de drogas. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada para investigar o caso.

Fonte: Internet

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo