Esportes

Vermelhos liberaram mais potência em Melbourne

Charles Leclerc

Falava-se no paddock da F1 que a Ferrari tinha mais potência disponível para liberar após o Bahrain e principalmente depois da Arábia Saudita, e eles fizeram isso em Melbourne.

A Ferrari utilizou cinco cavalos de potência extras para mitigar seu défice para a Red Bull em Melbourne no último fim de semana, de acordo com um relato do Formu1a.uno.

Charles Leclerc arrebatou a pole position a Max Verstappen na Austrália depois de ter estado forte durante todo o fim-de-semana juntamente com o companheiro de equipe Carlos Sainz; os Vermelhos foram os mais rápidos em dois dos três de treinos livres antes da classificação.

Um problema de partida no motor de Sainz o impediu de estabelecer um tempo de volta representativo após a bandeira vermelha resultante da batida de Fernando Alonso que arruinou sua primeira corrida no Q3, e ele terminou em P9.

Ele então abandonou da corrida logo no início depois de perder o controle de sua Ferrari, mas o líder do campeonato, Charles Leclerc não sofreu tais dramas, fez uma corrida perfeita e dominou a tarde para conquistar sua quarta vitória na Fórmula 1.

Foi relatado pelo o jornalista italiano Giuliano Duchessa após o GP da Arábia Saudita, onde a Ferrari perdeu a corrida aparentemente pela maior velocidade em reta da Red Bull, que Maranello tinha mais potência à sua disposição, caso desejassem usá-la, e agora foi relatado que eles liberaram – através do software – mais cinco cavalos, um incremento para permitir que eles lutassem contra a potência da Honda em Melbourne

Os Vermelhos foram até 20 km/h mais lentos que os Red Bulls com motor Honda na Arábia Saudita, embora boa parte disso possa ser atribuído ao fato de que eles andaram uma configuração de downforce mais alta.

No entanto, a confiabilidade da Ferrari parece claramente superior nesta fase da temporada, e tanto a Red Bull quanto a Honda terão que entender por que, coletivamente, a equipe principal e seu time júnior AlphaTauri sofreram seis falhas de confiabilidade nas três primeiras rodadas desta temporada.

Max Verstappen abandonou da corrida no domingo e disse que a falta de confiabilidade no momento é “inaceitável”.

“Quero dizer, é claro que hoje foi em geral apenas um dia ruim, devido a não ter realmente o ritmo, eu estava apenas gerenciando meus pneus e tentando levá-lo até o final porque parecia um P2 bastante fácil de qualquer maneira e eu sabia que não poderia lutar contra Charles.”

“Então não havia sentido em tentar pressioná-lo, mas sim, nem terminamos a corrida, então é bastante frustrante e inaceitável.”

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.



Fonte: R7.com

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo